• redacao@oespaco.com.br
  • (64) 33612 - 1550
image
2020-04-06 07:45:00

Em Goiás, pais de mulher morta por coronavírus assistiram enterro a 20 metros de distância

Técnica de laboratório Adelita Ribeiro, de 38 anos, morreu na manhã de sábado dia 04/04, no Hospital do Coração, em Goiânia.

O casal de aposentados Ataliba e Nair fez questão de acompanhar o sepultamento do corpo da filha caçula, a técnica de enfermagem e de laboratório Adelita Ribeiro, na tarde deste sábado (4), em Goianápolis, a 32 quilômetros de Goiânia. Não houve despedidas. Tudo foi assustadoramente rápido em razão das circunstâncias. Por estarem em grupo de risco para o Covid-19, os pais assistiram a ação dos coveiros a 20 metros de distância em absoluto silêncio, tomados por uma tristeza profunda.

Colegas contaminados

Conforme o Hemolabor, logo que tomou conhecimento da possibilidade de que a funcionária tinha contraído o coronavírus, todo o grupo que trabalhou com Adelita foi afastado. Os cinco colegas da técnica de enfgermagem foram submetidos ao teste para o Covid-19 e em três, o resultado foi positivo. Todos estão isolados e assintomáticos, sendo acompanhados pelo Hemolabor.
Adelita também estava assintomática para o ?Covid-19. Ontem, como as autoridades de saúde já definiram pela contaminação comunitária, é impossível saber onde e quando ela contraiu o vírus. O Hemolabor informou que logo que soube do teste positivo de Saúde de Goiânia (SMS), explicou que todos os profissionais da UPA Novo Mundo estão sendo acompanhados. Até o momento, apenas um apresentou sintomas”.

Fonte: O Popular