• redacao@oespaco.com.br
  • (64) 33612 - 1550
image
2020-06-01 07:52:00

As Ações do Vereador Zé Henrique – MARÇO 2020

Para as sessões de março o vereador Zé Henrique apresentou vários requerimentos de interesse da sociedade rio-verdense.

   Para as sessões de março o vereador Zé Henrique apresentou requerimentos solicitando:
   - Fiscalização referente à utilização de coleiras e focinheiras por cães ferozes em parques do município, com o intuito de preservar a segurança dos frequentadores;
   - Fiscalização quanto à obrigatoriedade de estabelecimentos comerciais da cidade a anexarem aviso por escrito em local visível dos crimes cometidos contra crianças e adolescentes; 
   - Construção de uma ciclovia entorno do Parque Espelho D’Água para resguardar ciclistas e pedestres. 
   - Projeto de Lei alterando a Lei nº 5.987/2011, que dispõe sobre a concessão de título de utilidade pública no município de Rio Verde e um PL concedendo Título de Cidadão Rio-Verdense ao Padre Vanderlei Souza da Silva.
Nas sessões de abril solicitou:
   - Povoamento de alevinos no lago do Parque Interlagos (Parque Vereador Dezinho) e, posteriormente, a realização de festivais de pesca esportiva no local, incentivando o comércio e o turismo local; 
   - Que a Secretaria de Saúde disponibilize um meio via internet que possibilite o acompanhamento de pedidos de consultas, exames e demais procedimentos de saúde; 
   - Projeto de Lei concedendo Título de Cidadão Rio-Verdense ao Tenente Coronel Amilton de Souza Conceição.

Em maio requereu:
   - Pintura das faixas amarelas da GO 210, perímetro urbano de Rio Verde, próximo ao DIMPE;
   - Instalação de um semáforo no cruzamento da Rua Treze com a Rua Osório Coelho de Moraes, bairro Jardim Goiás;
   - Demarcação de um estacionamento próprio para motocicletas na Rua Abel Pereira de Castro, próximo à Secretaria de Meio Ambiente;
   - Interligação da Rua 05 - Conjunto Vila Verde, com a Rua Ilídio Leão - Residencial Araguaia, a fim de tornar o trânsito mais ágil no local, bem como facilitar o acesso a ambos os bairros; 
   - Projeto de Lei reconhecendo como de Utilidade Pública Municipal a Comunidade Terapêutica Feminina Talita Cúme, associação civil sem fins lucrativos e de caráter filantrópico.