• redacao@oespaco.com.br
  • (64) 33612 - 1550
image
2022-07-12 22:44:00

Gente que faz a UniRV: goiano Tales adora arroz com pequi e é máster chef de mão cheia

O geminiano Tales Dias do Prado é servidor da Universidade de Rio Verde – UniRV desde 2012, quando a convite da professora Rejane Guerra Ribeiro, veio fazer uma entrevista para ministrar aula na disciplina de Clínica Cirúrgica e de imediato já começou seu vínculo com a Instituição, se tornando servidor efetivo por meio de um concurso em 2015.

O geminiano Tales Dias do Prado é servidor da Universidade de Rio Verde – UniRV desde 2012, quando a convite da professora Rejane Guerra Ribeiro, veio fazer uma entrevista para ministrar aula na disciplina de Clínica Cirúrgica e de imediato já começou seu vínculo com a Instituição, se tornando servidor efetivo por meio de um concurso em 2015.

Dedicado as atividades de casa, Tales é considerado entre os amigos, um máster chef de mão e faz do seu talento na cozinha uma arte de criar novas receitas. Um de seus passatempos favoritos é fazer a tradicional pizza, assada no forno a lenha, já famosa entre os colegas de trabalho. O docente também gosta de uma cervejinha e acampar no rancho, sempre mantendo o bom humor e o espírito alegre que contagia as companhias de diversão.

Se o 7 é considerado um número da sorte em praticamente todos os países do mundo, Tales é um homem de sorte então, o goiano nascido na capital Goiânia já coleciona 7 anos de casamento e adotou 7 animaizinhos de estimação, e como um bom goiano, o tradicional arroz com pequi, o angu com frango caipira feito no fogão à lenha são pratos que não podem faltar no cardápio de quem convida o professor para um almoço de fim de semana.

Com o sonho de crescer profissionalmente realizado e uma expectativa de sempre fazer da sua profissão, uma ferramenta de cuidado e amor pelos animais, Tales hoje é o diretor da Faculdade de Medicina Veterinária e mantém um bom convívio com os colegas de trabalho. “Sou privilegiado por fazer parte da UniRV. Aos poucos a gente vai deixando nosso rastro na construção da história da Universidade, me sinto muito feliz e agradecido, principalmente por fazer parte desse momento ímpar que a Universidade está passando. Motivo de muito orgulho, como pessoa e como professor,” afirmou agradecido.

Os momentos de folga do servidor ainda incluem um arrasta-pé tradicional, e não perde a chance de “balançar o esqueleto”, no dois pra lá e dois prá durante os eventos festivos na Instituição, aumentando a fila de pretendentes ansiosas por uns rodopios no salão com o “pé de valsa”. “Como bom goiano, gosto do arrasta-pé tradicional, do arroz com pequi e do frango caipira feito no fogão a lenha,” completou.
Dividindo o mesmo ambiente de trabalho, com a direção da Faculdade de Agronomia, Tales e Paulo Boldrin já cultivam o companheirismo e uma amizade fora da Universidade, e a famosa torta Banoffee foi o prato escolhido pelo diretor para receber a família Boldrin em casa. Tales é gente que faz a UniRV.